Por paulo.gomes

Rio - Policiais militares da Unidade de Polícia Ambiental da Juatinga (UPAm Juatinga) prenderam nesta terça-feira, Paulo José de Freitas, de 53 anos, acusado de manter em cativeiro três aves da fauna silvestre (tico-tico, curió e sabiá-laranjeira). Os PMs realizavam patrulhamento na Rua Azaléia, no bairro Rio Claro, quando avistaram os animais no local.

Por não possuir a documentação exigida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Paulo José foi encaminhado para a 168ª DP (Rio Claro) e foi enquadrado na Lei de Crimes Ambientais, cuja a pena é de seis meses a um ano.

Você pode gostar