Por karilayn.areias

Rio - No segundo dia dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, a Secretaria Munical de Transportes (SMTR) vistoriou 88 veículos e lacrou dois por irregularidades nos pontos de embarque da Rua Frei Caneca, esquina com a Rua do Riachuelo (para atendimento ao Setor Ímpar), e Largo do Estácio (para atendimento ao Setor Par). Também houve flagrante de quatro táxis piratas fazendo transporte irregular de passageiros. Os veículos foram rebocados.

Desde o primeiro dia de operação, 162 veículos  foram fiscalizados no entorno do Sambódromo, nove lacrados por irregularidades e cinco veículos piratas apreendidos. Durante toda a madrugada, equipes lideradas por fiscais da SMTR atuaram no ordenamento do fluxo de passageiros e da tabela de preços fixos, exclusiva para os táxis que buscavam passageiros vindos da Passarela do Samba, que pode ser consultada em banners instalados nos dois pontos de embarque.

A ação, que visa verificar a cobrança de tarifa irregular, será realizada durante todos os dias de desfiles. O esquema especial para os táxis será feito até terça-feira, dia 4 de março, e se repetirá no sábado quando desfilam as escolas campeãs do Carnaval. A operação Táxi Legal é permanente e foi reforçada para o Carnaval, quando são registrados os maiores movimentos na cidade.

Você pode gostar