Por bferreira

Rio - Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Carlos Eduardo (Solidariedade) diz que 1.970 profissionais de saúde do município estão desde novembro sem receber salários. O grupo, que inclui médicos, enfermeiros e auxiliares, é formado por pessoas contratadas, por tempo limitado, pela prefeitura.

A Secretaria de Saúde afirma que o pagamento de novembro já foi feito. Mas admite que há atrasos: os salários de dezembro e de janeiro só serão pagos em março.

Sem reajustes

No Hospital Salgado Filho, conta o vereador, o problema é outro. Médicos que optaram pelo regime de 40 horas semanais estão desde 2012 sem receber qualquer aumento. A prefeitura afirma que o processo para o reajuste está “em andamento”.

Você pode gostar