Por camila.borges

Rio - A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), através do Procon-RJ, esteve nesta segunda-feira, com mais uma ação da Operação Boi Ralado. No total foram vistoriados 13 estabelecimentos e apenas três não apresentaram irregularidades.

Equipes de fiscais vistoriaram diversas filiais dos supermercados Prix na cidade do Rio, além de uma filial do Walmart, outra do Prezunic e na Mercearia Sachinho, em Vargem Pequena. O objetivo da operação é identificar estabelecimentos que comercializam carne previamente moída, o que é proibido por Decreto Estadual, segundo o qual a carne só pode ser moída na hora da compra e na presença do consumidor. Além de 33kg e 775g de carne moída, os fiscais também encontraram 147kg e 556g de produtos vencidos e 43kg e 282g de produtos sem especificação do prazo de validade. 

Operação Boi Ralado autuou 10 estabelecimentosDivulgação

Em duas filiais da rede Prix (localizadas no Riachuelo e no Engenho Novo) os fiscais recolheram 14kg e 165g de carne previamente moída. Na Mercearia Sachinho havia 14kg e 220g de carne moída armazenada longe dos consumidores. Na filial fiscalizada do Prezunic, os fiscais encontraram 5kg e 194g de carne moída em um recipiente ao lado da máquina de moer. No momento da fiscalização, os agentes do Procon Estadual encontraram um consumidora que retornara ao supermercado para reclamar da carne moída que comprara no estabelecimento. Ela afirmou que a carne estava podre e que seu cachorro passou mal depois que a consumiu.

Carne recolhida na Operação Boi Ralado Divulgação

Os estabelecimentos que não apresentaram irregularidades foram: duas filiais da rede Prix – na Rua Haddock Lobo (Tijuca) e na Praça Edmundo Rego (Grajaú) –, além da filial do Walmart localizada atrás do Norte Shopping.




Você pode gostar