Por paulo.gomes

Rio - A Estação Uruguai, a quarta do metrô na Tijuca, será aberta neste sábado, no final da manhã, depois de uma solenidade oficial marcada para às 10 horas na Rua Itacuruçá, local de dois dos cinco acessos ao novo terminal. Os outros estão na Rua Conde de Bonfim (dois) e na Rua Delfina.

>>>GALERIA: Veja as fotos da Estação Uruguai, na Tijuca

Um dos acessos à nova estação na Rua Conde de BonfimDivulgação

A concessionária MetrôRio estima que, diariamente, cerca de 25 mil pessoas vão utilizar a estação, cuja inauguração foi antecipada em dez meses devido à proximidade da Copa do Mundo. O novo terminal tem uma plataforma de 300 metros, dez escadas rolantes e fica a um quilômetro da Praça Saens Peña.

Morador da Rua Homem de Mello há mais de dez anos, o advogado Thiago Gomes, de 34 anos, gostou da novidade, que vai permitir que ele caminhe uma distância menor para pegar o metrô que o leva ao trabalho, no Centro, todos os dias. Entretanto, ele está apreensivo com alguns pontos. “Tenho dúvidas se isso não vai encarecer ainda mais os imóveis aqui, se as ruas do entorno vão suportar o fluxo maior de pessoas e se não vai piorar o próprio funcionamento do metrô, que já está bem ruim, com muitas paradas técnicas”, questiona.

A corretora Fernanda Avonio, de 30 anos, moradora da Muda, adverte que a estação não fica de fato na Rua Uruguai, mas aprova a chegada de mais uma opção de transporte para a região. “Para quem mora aqui (na Muda) é maravilhoso porque não precisa pegar a integração. Agora, dá para ir andando até a estação”.

O MetrôRio informou que os ônibus de integração serão das mesmas linhas que já operam até a Saens Peña e que as catracas da Uruguai aceitarão os bilhetes da integração. Segundo a concessionária, os pontos finais das linhas continuam na Estação Saens Peña.

Você pode gostar