Por bianca.lobianco

Rio - Revoltado com o novo romance de sua ex-namorada após o término do namoro em janeiro, Aurenildo Campos Casanova, de 57 anos, confessou que atropelou o casal. A jovem Sâmina Torres, 25 anos, e Marcelo Alves dos Santos, da mesma idade, foram vítimas na Rua Cidade Roma, em Guaxindiba, em São Gonçalo. Aurenildo teria levado o corpo do rapaz para a beira do rio e dado marteladas na cabeça.

No domingo pela manhã, o suspeito foi preso em casa no Jardim Catarina por policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. O carro dele, um Gol Branco, foi apreendido e vai passar por perícia com luminol, material detecta vestígio de sangue. O martelo ainda não foi encontrado.

“Ele contou que não aceitou o término de namoro e não está arrependido”, revelou o delegado Wellington Vieira Pereira, titular da especializada. Sâmina foi socorrida com múltiplas fraturas e está internada no Hospital Alberto Torres. Aurenildo foi autuado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

Você pode gostar