Por camila.borges

Rio - Melhorar o cotidiano daqueles que diariamente cruzam a roleta de um ônibus em qualquer ponto do estado por meio de medidas de gestão das empresas de transporte de passageiros. Esse é objetivo do convênio que será firmado hoje entre a Fetranspor (federação das empresas de ônibus) e o Instituto Ethos.

O convênio consiste na resposta das empresas de ônibus a itens temáticos sugeridos pelo instituto, como transparência, atividades econômicas, sociais e ambientais. Desta forma, as companhias são incentivadas a calibrar sua administração, rever metas e traduzir o aprimoramento interno na melhoria do atendimento às demandas dos usuários, como regularidade nos intervalos dos ônibus e renovação da frota.

“Uma empresa também pode, por exemplo, ser incentivada a executar programas sociais em uma comunidade onde seus ônibus já circulem”, disse Márcia Vaz, gerente de Responsabilidade Social da Fetranspor. A adesão ao convênio será gratuita e facultativa. “

A Auto Viação 1001 e dois sindicatos, que atuam na Baixada Fluminense e em São Gonçalo, já nos avisaram que vão participar”, acrescentou Márcia. Caio Magri, diretor de Políticas Públicas do Instituto Ethos, vê a parceria com a Fetranspor como um instrumento capaz de aumentar as trocas de informações entre passageiros, empresas e poder público e, assim, identificar oportunidades de melhorias. “As empresas serão estimuladas a abrir mais espaço para o diálogo com usuários e poder público”.

No plano de trabalho do convênio estão programados palestras, oficinas, câmaras temáticas de discussões e o acompanhamento do processo pelo Ethos.

Você pode gostar