Dupla é presa após roubar carro e tentar assaltar uma van na Zona Norte

Bandidos trocaram tiros com policiais do 9ºBPM (Rocha Miranda), mas ninguém ficou ferido

Por O Dia

Rio - Um roubo mal sucedido de veículo, feito por uma dupla de criminosos terminou em sequestro de uma van e perseguição policial de 15 quilômetros, com direito a troca de tiros, na noite desta quinta-feira, em Madureira. Os momentos de horror vividos pelos passageiros do coletivo começaram no centro de Marechal Hermes e terminaram em frente à Estação Carolina Machado. Os disparos assustaram quem passava pela estação lotada.

A van ficou parcialmente destruída após a perseguição policial em Marechal HermesOsvaldo Praddo / Agência O Dia

De acordo com o delegado Marcos Henrique, da 29ª DP (Madureira), tudo começou quando, por volta das 20h, quando os criminosos Rodrigo Caetano Xavier, de 18 anos, e Mateus Santos, de 19, roubaram um Fiat Pálio, na Estrada do Sapê, em Oswaldo Cruz. Entretanto, eles não esperavam que o veículo apresentasse defeito e parasse subitamente, em Marechal Hermes. Assustados, os dois abandonaram o carro entraram numa van, que faz o trajeto da linha 650 (Madureira - Marechal Hermes). A ação suspeita era acompanhada por um policial à paisana, que acionou o 9º BPM (Rocha Miranda).

Ao perceberem a perseguição de uma viatura, os dois fizeram o motorista refém e o obrigaram a dirigir em alta velocidade, com uma arma apontada contra a cabeça e sob ameaça de morte em caso de descumprimento das ordens. “Foram momentos terríveis. Me preocupei com as sete vidas dentro do carro e tentei acalmá-los. Quando a viatura policial ultrapassou a van e fechou o cerco, pulei para fora do veículo e ouvi os tiros”, disse o homem que não quis se identificar, se referindo aos dois disparos feitos pela dupla, de dentro para fora da van.

Apesar disso, os criminosos foram presos e ninguém ficou ferido. Um revólver calibre 38 foi apreendido.

Últimas de Rio De Janeiro