Desalojados entram em confronto com agentes da Guarda Municipal

Devido ao tumulto nas imediações da Central do Brasil, a estação Central teve que ser interditada, mas já foi liberada

Por O Dia

Rio - Os cerca de 600 desalojados da Favela da Telerj, que estão em frente à Prefeitura do Rio, na Cidade Nova, entraram em confronto com agentes da Guarda Municipal na altura do prédio dos Correios. Os agentes estavam apreendendo dois menores na Rua Júlio do Carmo, quando um grupo de cerca de 100 pessoas, que estava do lado oposto, cercou 10 guardas e os ameaçaram com pedras. Os agentes reagiram com cassetetes, mas não agrediram ninguém. O clima ficou bem tenso no local durante 15 minutos.

Ex-invasores da Favela da Telerj depredam ponto de ônibus na Avenida Presidente VargasPaulo Campos/Agência O Dia

A Polícia Militar também está fazendo a segurança no entorno. Segundo usuários do Twitter que passavam pela Avenida Presidente Vargas, um ônibus teria sido depredado, pontos de ônibus quebrados e um caminhão teria tido a chave roubada na altura do Sambódromo.

Ex-invasores do prédio da OI apredrejaram ônibus na Avenida Presidente VargasPaulo Campos / Agência O Dia

As depredações ocorreram logo após o anúncio de que não haveria nenhum acordo com a prefeitura. Os desalojados seguiram em direção ao prédio da Central do Brasil e durante o percurso uma ambulância foi apedrejada e o motorista ferido. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Ambulância é apedrejada por ex-invasores do prédio da Oi. Motorista ficou feridoPaulo Campos/Agência O Dia

Devido ao tumulto nas imediações da Central do Brasil, a estação Central teve que ser interditada, mas já foi liberada após manifestação.

Desabrigados montam ponto de arrecadação

Um grupo de desabrigados organizaram um posto de doação debaixo da marquise do prédio do Teleporto, na Avenida Presidente Vargas. Eles já conseguiram arrecadar quatro dcobertores  água. Maura Santana, de 51, ex-moradora da Comunidade do Mandela e desabrigada da Favela da Telerj disse que as cobertas foram encaminhadas para as pessoas mais necessitas. "Estamos pedindo também doação de vinagre pois não sabemos se a polícia vai jogar bomba de gás lacrimogêneo na gente", relata. 

Um grupo de Black Blocs, sem máscaras, seguem pela Avenida Presidente Vargas para um ato, mas eles não quiseram falar com a imprensa. 

Prefeitura monta tenda para cadastros

Nesta segunda-feira, a prefeitura montou tendas ao lado da sede administrativa e no estacionamento próximo ao Centro de Operações, para cadastrar desalojados do terreno da Oi, no Engenho Novo, Zona Norte do Rio. Mesmo com a forte chuva que caiu na cidade desde a madrugada, uma fila extensa se formou nos arredores.

Alguns ex-moradores da Favela da Telerj embarcaram em vans da Secretaria de Desenvolvimento Social e devem ser encaminhados para abrigos.

Mesmo com chuva%2C desalojados enfrentaram longas filas para se cadastrar Uanderson Fernandes / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro