Manifestantes voltam a ocupar ruas próximas à Prefeitura do Rio

Cerca de 500 pessoas estão no local e eles alegam que não conseguiram preencher o cadastro do reassentamento e pagamento provisório do aluguel social

Por O Dia

Rio - Cerca de 500 pessoas ocupam as ruas próximas à Prefeitura do Rio, nesta terça-feira. Os desalojados do terreno da Oi, no Engenho Novo, afirmam que não conseguiram preencher o cadastro para o reassentamento e pagamento provisório do aluguel social. A alegação é que muitos documentos foram perdidos no momento da tumultuada desocupação da propriedade, na última sexta-feira.

Manifestantes estão em ruas próximas à Prefeitura do RioPaulo Campos / Agência O Dia

Diferente do que aconteceu nos últimos dias, eles não conseguiram ficar na porta da Prefeitura. Uma escolta da Guarda Municipal protege o local. Muitos se mostraram revoltados com o que eles chamam de "oportunistas". São pessoas que não estariam na ocupação. Alguns manifestantes, apedrejaram um carro-forte que iria deixar dinheiro numa agência próxima.

Guardas municipais fazem a segurança da sede da PrefeituraPaulo Campos / Agência O Dia

Outro caso foi de um jovem, aparentando ser menor de idade, ter sido atropelado durante uma tentativa de assalto no local. Ele, que foi encaminhado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, não foi confirmado se faz parte do grupo de manifestantes.

Últimas de Rio De Janeiro