Por thiago.antunes

Rio - A movimentação na Rodoviária Novo Rio, no primeiro dia de grande fluxo de saída e chegada à cidade para o feriadão, ficou dentro do esperado: intensa, mas sem grandes transtornos até o final da tarde. Mas do lado de fora, os velhos problemas continuam. Atuação de aliciadores para táxis não conveniados às cooperativas que atuam na região, piratas, transporte alternativo irregular, carros e táxis estacionando em local proibido.

Segundo o Consórcio Novo Rio, que administra a rodoviária, 47 mil pessoas deixaram o Rio por lá, ontem. Até quinta, 422 mil viajantes deverão circular pelo terminal em 14.298 ônibus, sendo 3.507 extras. Grande parte dos passageiros saiu cedo de casa para evitar engarrafamentos.

O movimento de viajantes ontem na Rodoviária Novo Rio foi intensoDivulgação

A passarela central ficou cheia de pessoas aguardando o horário de seus embarques. Às 17h, a estudante Geovanna Martins, de 19 anos, que só embarcaria às 20h para São Paulo, já estava sentada em um cantinho com suas malas. “Vim da Ilha do Governador. Estava com medo de pegar engarrafamento na Avenida Brasil, mas o trânsito estava tranquilo”, comentou.

Já nos arredores do terminal, o clima era menos acolhedor. Na saída, os recém-chegados à cidade eram abordados por homens e conduzidos a táxis de rua, não conveniados a Novo Rio. “Cheguei com meu filho de Campos (dos Goytacazes) mais cedo e um desses homens me abordou. Eles saem pegando nossa bagagem e coagem também alguns taxistas, que têm que dar dinheiro para eles pelos passageiros”, reclama a dona de casa Ana Paula Souza, 40.

A assessoria de imprensa do Consócio Novo Rio aconselha que os passageiros tomem apenas táxis conveniados, com motoristas uniformizados e com identificação e vigiem as bagagens, mantendo-as sob vigilância constante. 

Por volta das 18h, um taxista e um vigilante do terminal brigaram em frente à escada que dá acesso ao outro lado da Avenida Rodrigues Alves. O taxista havia estacionado irregularmente para deixar um passageiro. O vigilante pediu que ele saísse e houve confusão entre eles, até que um PM chegou e multou o taxista.

METRÔ

O Metrô vai funcionar das 7h às 23h, no domingo e feriados; e das 5h à meia-noite, no sábado e terça-feira. Em todos os dias, a transferência entre as linhas 1 e 2 será realizada apenas na Estação Estácio.

SHOPPINGS

O Norte Shopping vai funcionar das 13h às 21h, hoje, no domingo e na segunda-feira, com a praça de alimentação abrindo às 12h. No dia de São Jorge, o horário será normal.

O Rio Sul abrirá entre 15h e 21h, com cinemas e setor de alimentação começando às 12h. O Top Shopping, em Nova Iguaçu, também fica aberto das 15h às 21h, mas sua praça de alimentação funcionará das 12h às 22h.

BANCOS

Agências bancárias não terão expediente nos dias de feriado. Porém, a Federação Brasileira de Bancos garante que contas e carnês com vencimento para essas datas poderão ser pagos, sem multa, na terça-feira.

METEREOLOGIA

Sexta e sábado serão dias de sol e poucas nuvens no Rio, com termômetros batendo os 34°C. No domingo, a temperatura cai, e a previsão é de chuva até a quarta-feira, quando o tempo volta a melhorar. Na Região dos Lagos, a expectativa é que as chuvas comecem no domingo e atrapalhem o feriado dos viajantes.

HOSPITAIS

Hospitais municipais e estaduais e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) funcionarão 24h, durante todos os dias do feriado. Já os postos de saúde fecham hoje, segunda e quarta-feira.

Você pode gostar