Lei que proíbe uso de boné em agências bancárias entra em vigor em maio

Sancionada pelo ex-governador Sérgio Cabral, lei abrange todos os estabelecimentos comerciais

Por O Dia

Rio - Uma lei votada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) proíbe que pessoas usando bonés, capacetes, gorros ou escondendo o rosto de outra forma entrem em estabelecimentos comerciais no Rio. O texto foi sancionado pelo ex-governador Sérgio Cabral no dia 18 de março e entra em vigor a partir do dia 18 de maio. Até lá, lojistas têm prazo para colocar avisos nas entradas das lojas.

A lei, de autoria da deputada estadual Lucinha (PSDB), visa impedir que criminosos tentem driblar as câmeras de segurança durante abordagens e assaltos. De acordo com o texto, os vigilantes poderão pedir que para que os clientes retirem o boné para facilitar a identificação.

Últimas de Rio De Janeiro