Saúde de italiano que matou mulher e filha no Jacarezinho é grave

Após o crime, Enrico tentou se matar com tiro na cabeça. Polícia investiga se caso foi motivado por crise financeira

Por O Dia

Rio - O estado de saúde do italiano que matou a mulher e a filha no Jacarezinho é considerado grave. Enrico Telece, de 58 anos, assassinou a tiros a esposa Denise de Almeida Rodrigues, 29 anos, e a filha Marina Telece, de 3 anos, na comunidade, nesta segunda-feira. Após cometer o crime, Enrico, que vive no país há mais de 40 anos, tentou se matar com tiro na cabeça.

Italiano já estaria ilegal no paísReprodução Internet

Ele foi levado para o Hospital Souza Aguiar. A polícia chegou logo em seguida, após os moradores escutarem o barulho dos tiros. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Souza Aguiar. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estrangeiro passou por uma cirurgia e está na UTI. Enrico está em observação e preso sob custódia na unidade.

A Divisão de Homicídios aguarda pela recuperação de Enrico para poder ouvi-lo e evoluir na investigação. Agentes da delegacia realizaram perícia no local e apreenderam a arma. Entre as hipóteses levantadas inicialmente está a de que o homem estava em uma crise financeira.

"Em razão da crise que teve na Europa ele voltou a Brasil em Janeiro, com visto até abril, e já estaria no país ilegalmente", disse o delegado Daniel Rosa. A DH também investiga a possibilidade de Enrico, que estava desempregado, ser colecionador de armas. Ele será indiciado por duplo homicídio.

Últimas de Rio De Janeiro