Por paulo.gomes

Rio - Policiais da 64ª (São João de Meriti) prenderam nesta quarta-feira Igor dos Santos Neves, de 25 anos, acusado de matar o ex-vereador José Eugênio Onça da Silva, em fevereiro. O acusado vai responder por roubo qualificado e tortura.

Eugênio Onça, de 60 anos, morreu asfixiado depois de ser amarrado e amordaçado, após ter sua casa, na Vila Rosali, em São João de Meriti, invadida por bandidos. Ex-líder de torcida do Flamengo, Onça atuava há cerca de 10 anos na coordenação de segurança da Marquês de Sapucaí nos desfiles e ensaios técnicos das escolas de samba.

Você pode gostar