Por marcello.victor

Rio - Um cabo do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) ficou ferido por estilhaços de bala na perna, após uma troca de tiros com traficantes na Rua 2, na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na noite desta quarta-feira. Ele foi socorrido no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, e depois liberado. Os PMs realizavam uma incursão na comunidade. Não houve prisões ou apreensões.

Desde domingo, o clima é tenso no Complexo do Alemão. Na noite deste dia, uma idosa de 72 anos morreu baleada, após confronto entre traficantes e PMs da UPP da Nova Brasília. Moradores protestaram e houve confronto com a polícia. No dia seguinte, houve nova revolta e quatro ônibus foram incendiados e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas do Alemão acabou depredada. O saldo foi de um jovem preso, um adolescente de 17 anos apreendido e um homem baleado.

A polícia credita a instabilidade na região a prisão de dois dos principais líderes do tráfico de drogas no Complexo do Penha, vizinho ao Alemão, nos últimos 15 dias.

Você pode gostar