Por paulo.gomes

Rio - Uma mulher foi presa em flagrante, na madrugada de domingo, acusada de matar o marido em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Flávia Fonseca Pinheiro, de 35 anos, ateou fogo na casa onde morava com a vítima há cerca de dois meses. João Ricardo Hames, 51, não conseguiu sair a tempo e morreu carbonizado.

Segundo testemunhas, Flavia teria descoberto mensagens de outra mulher no celular de João, supostamente uma amante dele. O casal então iniciou uma discussão e a mulher, descontrolada, quebrou o carro do casal e ateou fogo à casa. Eles trabalhavam no Aeroporto Internacional de Cabo Frio e a vítima seria fiscal da Receita Federal na cidade.

De acordo com a Polícia, a mulher confessou o crime. Flávia foi presa por homicídio qualificado. O caso ainda está sendo investigado pela 126ªDP (Cabo Frio).

Você pode gostar