Por paulo.gomes

Rio - Por debaixo do piso de uma das celas da Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho, em Bangu, mais conhecida como Bangu III, agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) descobriram a tempo mais um plano de de fuga. Ainda em fase inicial, os funcionários encontraram, na noite desta quinta-feira, um buraco de aproximadamente 50 cm de diâmetro e 80 cm de profundidade, que vinha sendo cavado pelos detentos.

O buraco foi encontrado na noite de quinta-feira dentro de uma cela do presídio Bangu IIIDivulgação

Na quinta, o secretário da Seap esteve no Complexo de Gericinó e visitou a galeria. Ele determinou a transferência dos oito internos suspeitos para a Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino (Bangu I), também localizada no Complexo. Foi aberta uma sindicância para apurar as circunstâncias dos fatos.

Em fevereiro de 2013, 31 detentos conseguiram escapar de outra unidade de Gericinó, o Instituto Penal Vicente Piragibe. Eles haviam construído um túnel em tubulação de esgoto. Na época, a Polícia Militar foi acionada e alguns internos foram recapturados.

Você pode gostar