Por marlos.mendes

Rio - O prefeito de Macaé, Aluízio Junior, e os deputados Eurico Junior e Aspásia Camargo vão entrar com ações na Justiça contra a decisão da direção executiva do Partido Verde do Rio (PV) de apoiar a candidatura ao governo do senador Lindbergh Farias, do PT. Os três devem divulgar nesta sexta-feira nota de repúdio à decisão do PV estadual que, segundo eles, resolveu apoiar candidatura petista à revelia dos integrantes de partido que têm mandato eletivo.

“O PV tem uma tradição libertária e uma democracia madura. O que vimos foi um constrangimento muito grande”, afirmou a deputada Aspásia Camargo. “Não deram voz a quem tem mandato. Isso é uma loucura e totalmente fora da genese do PV”, reclamou o prefeito de Macaé, Aloizio Junior, conhecido como Dr. Aluízio, que já decidiu apoiar a candidatura à reeleiçaõ do governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB.

Mais cautelosa, a deputada Aspásia Camargo afirmou que está “solidária com o Dr. Aluízio’, mas vai ainda consultar outros parlamentares do partido antes de confirmar o apoio à reeleição de Pezão. “Estou muito atenta à posição do Dr. Aluízio, mas acho que não podemos prescindir de uma discussão séria sobre quem apoiar”, disse Aspásia.

Você pode gostar