Por paulo.gomes

Rio - A Prefeitura do Rio começa a partir desta sexta-feira o cadastramento das cerca de 1.400 famílias que participaram da ocupação do terreno da Oi, no Engenho Novo, Zona Norte. Elas entrarão no CAD Único, que permitirá a inclusão dessas famílias em programas sociais como o Bolsa Família e o Cartão Família Carioca.

O cadastro acontecerá no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), no Cachambi, na Zona Norte, e tem como objetivo é atender por volta de 150 pessoas (que já foram agendadas) diariamente. Também serão oferecidos cursos de capacitação, com posterior encaminhamento ao mercado de trabalho. Dentre as oportunidades de emprego, o Sindicato da Construção Civil disponibilizará 300 vagas de capacitação.

Após um período acampados na Catedral Metropolitana do Rio, no Centro, as famílias foram transferidas para a Igreja Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador.

Você pode gostar