Por thiago.antunes

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos (Niterói), denunciou Ricardo Bandeira de Souza, de 19 anos, por assalto a mão armada no Centro de Niterói. Utilizando-se de arma de fogo, o rapaz abordou um casal que estava indo pegar uma motocicleta estacionada, roubando o veículo, modelo Honda 2007, e um aparelho de telefone celular, avaliado em R$ 1,5 mil.

O crime ocorreu em frente ao Condomínio Tower 2000, bem ao lado da sede Prefeitura de Niterói, há poucos metros de distância da 76ª DP (Niterói), por volta das 19h50 do dia 2 de abril, uma quarta-feira. Na ocasião, o acusado contou com o auxílio de um comparsa, ainda não identificado, para roubar o casal. Apesar de ter fugido em seguida, ele foi reconhecido como um dos autores do assalto.

Além da denúncia, o MP pediu à Justiça a concessão de "medidas cautelares contra o denunciado, diante da periculosidade". O crime de roubo duplamente qualificado pode dar de quatro a dez anos de prisão e multa.

Em 21 de janeiro deste ano, a 4ª PIP da 2ª CI reiterou requerimento formal, por meio do Ofício nº 146/PJ4IPE2CI/2014, em que solicita ao Comando do 12º BPM (Niterói) o reforço no policiamento ostensivo de rotina, no mínimo, no Centro de Niterói e adjacências.

Você pode gostar