Por thiago.antunes

Rio - Dois dias após o assalto a um ciclista que filmou a própria abordagem, por uma câmera acoplada em seu capacete, o policiamento no Aterro do Flamengo era grande ontem. Além de policiais de quadriciclo e bicicletas, PMs em carros também paravam para fazer revistas. Na quarta-feira, duas turistas londrinas também foram assaltadas a mão armada na região.

Apesar das duas ocorrências, de acordo com a assessoria de imprensa da PM, desde o dia 10 que a segurança está reforçada no local, sem prazo para terminar. Ontem, um casal caminhava no local com um cassetete na bolsa por precaução. Segundo o homem, que é militar e não quis se identificar, ele já evitou que um bando assaltasse uma mulher na região. O músico Pedro Pamplona, de 41 anos, que pedalava ontem no Aterro, disse que só circula com sua bicicleta ruim, para que a sua boa não seja roubada.

O cozinheiro Francisco Freire dos Santos, de 46, que passa no local todos os dias de bicicleta para o trabalho, afirmou que também foi assaltado no Carnaval deste ano e já presenciou outras ações. “O problema é que eles ficam entocados, entre as pedras. O maior alvo são as mulheres. Quando elas passam, surgem quatro e levam a bolsa”, disse.

Já o ciclista Samuel Secundino, de 34, reclamou da falta de iluminação. “De dia aqui é mais seguro. De noite, fica tudo escuro e deserto” , relatou. O casal João Pedro Rodrigues e Juliana Nunes, de 17 anos, passeava com insegurança, na altura do MAM. “Caminho ligado se há alguém suspeito vindo na nossa direção. Rola uma tensão aqui”, afirmou.

Imagens da câmera serão periciadas

De acordo com o delegado titular da 9ª DP (Catete), Roberto Gomes Nunes, agentes estão realizando diligências sobre o caso do ciclista Pedro Málaga, que filmou o próprio assalto na quarta-feira, no Aterro. Segundo a assessoria da Polícia Civil, as imagens da câmera foram encaminhadas à perícia para que os rostos filmados sejam individualizados a fim de ajudar na identificação da autoria do crime.

Um motorista também flagrou, na quinta-feira, o momento em que uma dupla assaltava uma mulher na Avenida das Américas. Em uma operação feita ontem, pela Polícia Civil, na Zona Sul, 17 motos foram infracionadas e uma apreendida.

Você pode gostar