Motorista diz que tentou desviar de caminhão em acidente em São Gonçalo

Carro despencou de altura de 10 metros e deixou cinco feridos

Por O Dia

Rio - O acidente envolvendo um Gol branco placa CWD-9557, na tarde desta segunda-feira, em São Gonçalo, ganhou novos contornos. Inicialmente, foi divulgada versão de que um ônibus bateu na traseira do veículo, que despencou por 10 metros e atingiu três pessoas. Porém, segundo informações da prefeitura de São Gonçalo, o serralheiro Paulo Viênio da Silva, 56 anos, disse que tentou desviar de um caminhão no Viaduto e a pista molhada fez com que o carro perdesse a direção.

Carro despencou e atingiu pedestres em São GonçaloDivulgação

O acidente deixou cinco feridos. Paulo, Carola Maia Guadalupe, 16 anos, atingida em cheio pelo veículos nas costas, Caroline Santana, 30 anos, e Franciele Souza Arruda, 23, deram entrada no Hospital Geral de São Gonçalo, no Columbandê. O estado de sáude deles é estável. Franciele estava com um carrinho de bebê e, ao ver o ocorrido, conseguiu empurrá-lo para longe. O bebê de 1 ano foi socorrido por populares e nada sofreu. A espoda de Paulo, Áurea Ferreira da Silva, 45, foi levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói.

Todos os feridos estão em observação e sem previsão de alta. Jamile Lopes da Silva, 22 anos, balconista de uma loja em frente ao local presenciou o acidente: "Fiquei desesperada e fui ajudar, mas o guarda municipal disse pra eu não encostar a mão na menina (Carola). O carro atingiu as costas e ela ficou sangrando muito no chão. Estou tremenendo até agora e estou muito nervosa", contou.

Últimas de Rio De Janeiro