Prefeitura de Angra investiga suspeita de envenenamento em escola

50 alunos foram encaminhados para a UPA de Japuíba

Por O Dia

Rio - A Prefeitura de Angra dos Reis informou, na tarde desta segunda-feira, que investiga a suspeita de envenenamento em uma escola do município. Pela manhã, um grupo de cerca de 50 alunos da escola municipal Cleuza Fortes de Pinho Jordão, na Japuíba, teve de ser conduzido para atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Japuíba.

Os estudantes foram levados à unidade de Saúde após o relato dos próprios alunos de que um colega teria colocado veneno nos reservatórios de água de dois bebedouros da escola. Diante da suspeita, a direção da escola fez os encaminhamentos de Saúde de forma imediata e acionou as equipes da Vigilância Ambiental e da Vigilância Epidemiológica para a coleta de água e medidas técnicas de desinfecção.

O grupo de 50 alunos teria ingerido da água dos bebedouros e estão em observação. Se necessário poderão ser submetidos a procedimentos de desintoxicação. Até o fim do dia de hoje, apenas três estudantes teriam manifestado dores abdominais, que podem, ou não, serem relacionadas ao caso. Nenhum deles apresenta situação grave. A análise da água coletada será feita em laboratório especializado, com prazo de conclusão em 15 dias.

Em relação ao adolescente suspeito, a secretaria de Educação o identificou e convocou seus responsáveis para dar ciência do fato e os encaminhar à sede da 166ª DP (Angra dos Reis), para o registro do ocorrido. O fato será investigado pela Polícia Civil. Um dos bebedouros foi substituído e o outro interditado e as aulas serão realizadas normalmente nesta terça-feira.

Últimas de Rio De Janeiro