Por felipe.martins

Rio -  Policiais da 24ª DP (Piedade) prenderam na noite desta terça-feira um militar, de 21 anos, acusado de balear a ex-namorada, da mesma idade, no último dia 10. Segundo os agentes da distrital, ambos estavam em um pagode no bairro da Zona Norte, no entanto, a menina estava acompanhada de outro homem.

No fim do show, ela discutiu com Jonathan Mizaell Lopes de Andrade e jogou um copo de cerveja no rosto dele. Depois a moça entrou no carro do rapaz que estava com ela e foi perseguida pelo militar, que na Av. Dom Helder Câmara, Abolição, fechou o veículo, tirou a ex-namorada a força do veículo e fez disparos contra ela.

No entanto, apenas um tiro acertou o pé. Após a confusão, o militar saiu do local e disse para menina dizer no hospital que foi uma tentativa de assalto. Um registro do crime chegou a ser feito na 24ª DP, que começou a ouvir as testemunhas, inclusive o pai da vítima e descobriu que foi uma tentativa de homicídio.

A delegada Cristiane Carvalho, titular da distrital, pediu a prisão preventiva do acusado e também o mandado de busca apreensão para encontrar a arma usada na ocasião. Jonathan foi capturado na casa do tio, no Camarista Méier. A arma ainda não foi localizada.

A menina passou por cirurgia no Hospital Salgado Filho, onde foi ouvida. Ela já está em casa.

Você pode gostar