Por thiago.antunes

Rio - O senador Lindbergh Farias, pré-candidato do PT ao governo do Rio, tem defendido em reuniões do partido a criação de aplicativos para celular que sejam utilizados na saúde pública do estado. E diz que isso não é feito atualmente porque não há vagas nos hospitais públicos.

"Hoje em dia você pega um celular e faz tudo. Compra ingresso de cinema, sabe onde tem congestionamento, pede táxi, faz isso, faz aquilo. É preciso criar um aplicativo que mostre em que hospital tem vaga, onde está a ambulância mais próxima. Mas como fazer isso hoje sem vagas?", disse o senador.

Lindbergh defende aplicativos de celular na saúde públicaErnesto Carriço / Agência O Dia

A utilização do celular em salas de aula também foi defendida pelo senador petista.

"Temos que pegar as ideias do Darcy Ribeiro e do Brizola e fazer um CIEP do século 21. Moderno e atraente. Não pode o professor mandar o aluno desligar o celular. Ele tem que ligar o celular e aprender a usá-lo como instrumento de pesquisa e conhecimento", defendeu Lindbergh.

Você pode gostar