Por paulo.gomes

Rio - Policiais da 22ªDP (Penha) prenderam nesta quinta-feira, Rodrigo da Silva Furlani, conhecido como Diguinho. Ele é acusado de pertencer ao tráfico da comunidade pacificada Parque Proletário, na Penha, Zona Norte do Rio. Segundo a polícia, Diguinho faz parte da quadrilha de Bruno Eduardo da Silva Procópio, o “Piná”, preso mês passado.

Rodrigo participou dos ataques à base da UPP no Parque Proletário e suspeito da morte do PM Wagner Vieira da Cruz, no dia 6 de março deste ano. Contra ele estava expedido um mandado de prisão pela 42ª Vara Criminal.

Em outra ação no Complexo da Penha, os agentes prenderam, também nesta quinta-feira, Bianca Silva Queiroz de Carvalho, 25 anos. A prisão aconteceu na comunidade da Vacaria, no Parque Proletário. A criminosa é apontada como integrante do tráfico e integrante de uma quadrilha de roubos de carga, que atuava antes da pacificação.

Você pode gostar