PF prende mulher no Galeão por tráfico internacional de drogas

Natural de Filipinas, ela tentava levar quase dois quilos de cocaína para Amsterdã, na Holanda

Por O Dia

Rio - A Polícia Federal prendeu uma dona de casa filipina, de 46 anos, no fim da noite desta sexta-feira, ao tentar embarcar do Galeão para Amsterdã, na Holanda, com quase dois quilos de cocaína. A mulher foi autuada por tráfico internacional de drogas e, se condenada, poderá ficar na cadeia de cinco a 15 anos.

Nascida nas Filipinas%2C mulher de 46 anos foi presa ao tentar embarcar no Galeão com quase dois quilos de cocaína. Ela levaria a droga para Amsterdã%2C na HolandaDivulgação

A PF descobriu a droga na bagagem da acusada quando a mala - que já estava no porão do avião para o voo KLM 0706, Rio-Amsterdã de 20h - foi examinada por um equipamento de raio-x. O entorpecente estava escondido em meio a um cilindro metálico não identificado. A passageira foi identificada e retirada da aeronave. 

Natural de Filipinas, a mulher alegou que reside em Lahore, maior cidade da província de Punjab, no Paquistão. É mãe de quatro filhas e seu marido é um pescador. No depoimento, ela não esclareceu detalhes de como veio ao Brasil para levar cocaína para a Europa. Em seu passaporte, consta que chegou ao Rio de Janeiro no último dia 10 como turista e há registros de entradas e saídas do Paquistão e Filipinas.

Últimas de Rio De Janeiro

PF prende mulher no Galeão por tráfico internacional de drogas O Dia - Rio De Janeiro

PF prende mulher no Galeão por tráfico internacional de drogas

Natural de Filipinas, ela tentava levar quase dois quilos de cocaína para Amsterdã, na Holanda

Por O Dia

Rio - A Polícia Federal prendeu uma dona de casa filipina, de 46 anos, no fim da noite desta sexta-feira, ao tentar embarcar do Galeão para Amsterdã, na Holanda, com quase dois quilos de cocaína. A mulher foi autuada por tráfico internacional de drogas e, se condenada, poderá ficar na cadeia de cinco a 15 anos.

Nascida nas Filipinas%2C mulher de 46 anos foi presa ao tentar embarcar no Galeão com quase dois quilos de cocaína. Ela levaria a droga para Amsterdã%2C na HolandaDivulgação

A PF descobriu a droga na bagagem da acusada quando a mala - que já estava no porão do avião para o voo KLM 0706, Rio-Amsterdã de 20h - foi examinada por um equipamento de raio-x. O entorpecente estava escondido em meio a um cilindro metálico não identificado. A passageira foi identificada e retirada da aeronave. 

Natural de Filipinas, a mulher alegou que reside em Lahore, maior cidade da província de Punjab, no Paquistão. É mãe de quatro filhas e seu marido é um pescador. No depoimento, ela não esclareceu detalhes de como veio ao Brasil para levar cocaína para a Europa. Em seu passaporte, consta que chegou ao Rio de Janeiro no último dia 10 como turista e há registros de entradas e saídas do Paquistão e Filipinas.

Últimas de Rio De Janeiro