Por paloma.savedra

Rio - Investigações da Polícia Civil revelam que o adolescente de 16 anos que estava com o bebê Yure Ramos da Costa, de um ano e seis meses - e que caiu da janela do 5º andar na madrugada desta segunda-feira, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, já cuidou sozinho da criança outras vezes. O jovem é filho de uma amiga da mãe da vítima, Bruna Ramos, de 27 anos, e ficou responsável por Yure, enquanto elas saíam para uma casa de shows. O caso está sendo apurado pela 52ª DP (Nova Iguaçu).

Yure Ramos da Costa%2C de um ano e seis meses%2C caiu do quinto andar deste prédio em Nova Iguaçu. Um menor de 16 anos tomava conta dele%2C enquanto a mãe estava numa casa de showsReprodução / TV Globo

"Por volta das 3h ele foi vencido pelo sono e a criança subiu no sofá, próximo à janela e caiu do quinto andar, de uma altura de 40 metros", declarou o delegado Julio da Silva Filho, em entrevista ao RJTV. Segundo ele, as investigações mostram que o adolescente ficou sozinho com o bebê em outras ocasiões, no município de Belford Roxo, também na Baixada, onde Bruna e o namorado moravam.

O jovem teria acordado por volta das 4h30, com gritos dos vizinhos. O bebê teve parada cardíaca e sofreu diversas fraturas e traumatismo craniano. Segundo informações do Hospital da Posse, o estado de saúde do Yure é gravíssimo. Ele está entubado no setor de emergência, respirando com auxílio de aparelhos. Os pais e outros parentes estão na unidade de saúde, mas não quiseram falar com a imprensa.

De acordo com o delegado, o adolescente vai responder por fato análogo ao crime de lesão corporal culposa e a mãe da criança por lesão corporal culposa, se a criança não falecer. A polícia aguarda o depoimento da mãe de Yure, que segundo Julio, está muito abalada.

Você pode gostar