Metroviários entram em estado de greve

Categoria decide na próxima terça-feira se faz paralisação. Trabalhadores reivindicam reajuste salarial e plano de cargos

Por O Dia

Rio - O Sindicato de Metroviários do Rio de Janeiro (Simerj) decretou estado de greve na noite desta quinta-feira, em assembléia, onde estiveram cerca de 100 funcionários, na Rua Santa Amélia, na Praça da Bandeira, na Zona Norte do Rio.

Segundo um dos diretores do sindicato, Sebastião Batista de Albuquere, as principais reivindicações da categoria são referentes ao plano de cargos de salários e ao reajuste salarial. Além destas, a defasagem em setores de pilotagem, manutenção e segurança também são questões que a categoria pretende discutir em reunião com representantes do MetrôRio, que acontece na tarde desta sexta-feira.

Caso o resultado do encontro não atenda às reivindicações dos funcionários, o diretor disse que, provavelmente, na próxima segunda-feira será enviada uma carta aberta à população informando que a categoria entrará em greve.

Últimas de Rio De Janeiro