Policiamento segue reforçado no Alemão após tiroteio com morte

PMs e traficantes trocaram tiros no final da noite desta quinta-feira. Um menor morreu e um homem foi preso

Por O Dia

Rio - O policiamento está reforçado nesta sexta-feira no Complexo do Alemão, na Penha, Zona Norte, após a troca de tiros no fim da noite de ontem entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da região e traficantes. PMs de outras UPPs ajudam no patrulhamento da região.

Um menor, que faria parte do tráfico, morreu após ser baleado e um homem foi preso. Com o adolescente de 17 anos foi encontrada uma pistola calibre 9mm, segundo a UPP. Um rádiotransmissor também foi apreendido. Nenhum policial se feriu no confronto desta quinta-feira.

Uma arma foi apreendida com o adolescente, de acordo com a PMOsvaldo Praddo / Agência O Dia

Segundo os PMs, eles faziam um patrulhamento a pé entre as localidades do Areal e do Largo do Bulufa, na parte média do Morro do Alemão, quando se depararam com um grupo de cerca de seis criminosos, armados de fuzis calibre 7.62 e pistolas. Após o confronto, os militares prenderam Gabriel Tomáz Duarte, de 19 anos. Ele foi levado para a 22ª DP (Penha). 

O menor chegou a ser socorrido no Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e faleceu. A pistola encontrada com ele é de fabricação israelense, considerada rara e avaliada em cerca de R$ 6 mil. Ainda segundo os policiais, o menor teria participado do tiroteio que ocorreu na manhã de segunda-feira, no mesmo local, quando dois PMs ficaram feridos.

Últimas de Rio De Janeiro