Procon multa escola no Centro do Rio por falta de acessibilidade

Instituição também oferece curso técnico mesmo sem apresentar permissão do MEC

Por O Dia

Rio - O Procon do Rio multou nesta sexta-feira o Centro Educacional Victor e Wladimir, na Rua Buenos Aires, no Centro do Rio, por falta de acessibilidade. A vistoria foi feita após denúncias do Ministério Público. 

De acordo com o órgão, a instituição não oferece acesso ao elevador para portadores de deficiência. Segundo os fiscais, para driblar a irregularidade, havia uma placa informando que o equipamento estava com defeito, o que não era verdade.

Apesar de o prédio contar com seis andares e de ministrar aulas em todos eles, o elevador leva apenas até o quinto andar, que se encontra em obras. O segundo, terceiro e sexto andares também não têm acessibilidade para as salas de aula.

Os fiscais constataram a falta de avisos sonoros, indicações em braile e portas e cabines de banheiro acessíveis. O segundo andar é o único com banheiro adaptado, enquanto o primeiro e o terceiro pisos não possuem sanitários. Todos os extintores de incêndio estavam vencidos desde novembro de 2012. A escola não contava, ainda, com profissional treinado para dar auxílio aos estudantes portador de deficiência.

Sem permissão do MEC

O colégio, autorizado a funcionar apenas para aulas de Ensino Fundamental, ministra também curso técnico e não apresentou a permissão do MEC para dar esse tipo de curso. Ficou determinado, portanto, um prazo de 15 dias para apresentação dos documentos junto ao Procon Estadual sob pena de interdição do Centro Educacional.

Últimas de Rio De Janeiro