PMs de UPP matam menor e prendem suspeito de tráfico em confronto no Alemão

Tiroteio ocorreu próximo a localidade do Areal. Uma pistola municiada e um radiotransmissor foram apreendidos

Por O Dia

Rio - Um adolescente de 17 anos morreu e um homem foi preso após mais um tiroteio entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Alemão e traficantes de drogas na comunidade da Zona Norte do Rio, no fim da noite desta quinta-feira. Uma arma municiada e um radiotransmissor foram apreendidos. Após o incidente, bandidos fizeram disparos contra a base da UPP, mas ninguém ficou ferido.

Segundo os PMs, eles faziam um patrulhamento a pé entre as localidades do Areal e do Largo do Bulufa, na parte média do Morro do Alemão, quando se depararam com um grupo de cerca de seis criminosos, armados de fuzis calibre 7.62 e pistolas. Após o confronto, os militares prenderam Gabriel Tomáz Duarte, de 19 anos. Com ele foi apreendido um radiotransmissor.

Uma arma foi apreendida com o acusado Osvaldo Praddo / Agência O Dia

O menor Anderson Pereira da Silva foi baleado no tiroteio, mas morreu no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, na mesma região. Ainda de acordo com os policiais da UPP, com ele foi apreendida uma pistola calibre 9mm, de fabricação israelense, considerada rara e avaliada em cerca de R$ 6 mil. Ainda segundo os policiais, o menor teria participado do tiroteio que ocorreu na manhã de segunda-feira, no mesmo local, quando dois PMs ficaram feridos.

Em represália as prisões, bandidos dispararam em direção a base da UPP Alemão. O local não foi atingido e não houve feridos. O policiamento foi reforçado. O caso foi registrado na 22ª DP (Penha), central de flagrante da região.

Últimas de Rio De Janeiro