Caravana de hermanos sai de Búzios para jogão no Rio

Grupo sai cedo da cidade que mais hospeda argentinos no interior do estado para a partida que começa às 19h no Maracanã

Por O Dia

Rio - Uma galera vestida de azul claro e branco parte de Búzios hoje para o Maracanã. Conhecida como a ‘capital dos argentinos’ no Brasil, a cidade da Região dos Lagos, é, no interior, a que mais hospeda hermanos. A partida entre Argentina e Bósnia-Herzegovina, será às 19h. De acordo com a Secretaria de Turismo de Búzios, 59% dos cerca de 300 mil turistas estrangeiros que visitam anualmente o balneário, são argentinos. No Brasil, o país representa 1,4 milhão (27% do total) de visitantes internacionais.

Grupo de argentinos passeia por Búzios. Segundo hoteleiros%2C eles não economizam em compras Carlos Tavares/ Folha de Búzios

Extrovertidos e barulhentos, não escondem a ansiedade. “Será magnífico. Ver Messi (atacante do time) jogar no templo maior do futebol”, garante o economista Jardel Rossi, de 39 anos, que mora em Buenos Aires e passa férias em Búzios. “Esperamos anos por um momento assim. Não temos como descrever a emoção”, ressalta o comerciante Pedro Rodriguez, 43, amigo de Jardel.

Em Búzios, ambos dizem que se sentem em casa. Lá, por exemplo, a língua internacional mais falada é o espanhol desde a década de 1970, quando a atriz Brigite Bardot escolheu o município para escapar do assédio da imprensa. Se os dois estão contentes, o donos de hotéis e pousadas, mais ainda.

“Temos cinco famílias argentinas no nosso estabelecimento. Ao longo do ano, os argentinos representam a metade da nossa capacidade de lotação”, afirma a empresária Vanessa Martan, do Apart Hotel Internacional Búzios Beach. “São excelentes hóspedes e não economizam com estadia, passeios, gastronomia e artesanato”, garante Maurício Biango, funcionário do Búzios Arambaré Hotel.

De acordo com o Ministério do Turismo, a expectativa de gasto médio por parte de cada torcedor estrangeiros deve ser de R$ 5,5 mil.

Últimas de Rio De Janeiro