PDT e PMDB se unem no estado

Deputado estadual Felipe Peixoto foi indicado a vice na chapa do governador Luiz Fernando Pezão

Por O Dia

Rio - Uma semana depois de aprovar a aliança nacional com o PT para a reeleição da presidenta Dilma Rousseff, o PDT do Rio homologou nesta terça-feira a indicação do deputado estadual Felipe Peixoto para vice na chapa do governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB. Na convenção, os pedetistas também confirmaram o apoio à candidatura de Dilma. Parte do PMDB de Pezão promete fazer campanha para o presidenciável tucano Aécio Neves.

A indicação de Peixoto para a chapa do governador fluminense dividiu o PDT. A ala do partido comandada pelo ex-ministro Leonel Brizola Neto defendia que a legenda ficasse independente nestas eleições. Mas venceu o grupo liderado pelo ex-ministro do Trabalho e presidente da legenda, Carlos Lupi, que fechou a aliança com o PMDB de Pezão.

Na convenção, Lupi saiu em defesa de Dilma, que na semana passada foi vaiada e xingada durante a abertura da Copa do Mundo. “Não tem que se preocupar com vaia. Quem é brizolista sabe que a gente se alimenta da luta”, disse Lupi, que é candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro.

Últimas de Rio De Janeiro