Tribunal de Contas lista 1.052 gestores com contas rejeitadas

Tribunal Regional Eleitoral avaliará possíveis candidatos pela Lei da Ficha Limpa

Por O Dia

Rio - O Tribunal de Contas do Estado (TCE) enviou para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) a lista com 1.051 gestores públicos que tiveram contas rejeitadas nos últimos oito anos e poderão ser declarados inelegíveis nas próximas eleições de outubro. Na relação constam nomes de ex-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais que, em algum momento, foram ordenadores de despesas e apresentaram as contas irregulares.

Em caso de quererem se candidatar, esses gestores poderão ser avaliados pela Lei da Ficha Limpa, que foi aplicada nas eleições municipais de 2012 e será usada pela primeira vez em eleições gerais. No momento do julgamento do pedido de registro da candidatura, que começa a partir de 5 julho, o nome na lista poderá fazer com que o interessado tenha sua candidatura negada pelo juiz.

Para Jonas Lopes%2C presidente do TCE%2C lista ainda pode aumentar Carlo Wrede / Agência O Dia

Antes do julgamento dos pedidos de candidatura, o Ministério Público Eleitoral (MPE) terá cinco dias, a contar da data de publicação da lista oficial de pedidos de candidatura, para analisar os processos, podendo apresentar ação de impugnação para que a candidatura seja indeferida.

Clique e veja a lista completa aqui

Presidente do TCE, Jonas Lopes de Carvalho Junior diz que constam da lista apenas os processos que foram transitados e julgados, e não cabem mais recursos. “Quem recorreu está fora desta lista. Porém, há outros processos e novos nomes podem ser incluídos na relação, casos os processos sejam concluídos mais adiante”, alerta Lopes.

Últimas de Rio De Janeiro