Por leonardo.rocha

Rio - Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), com o apoio de guardas municipais, detiveram 23 flanelinhas e 12 cambistas - noves brasileiros, dois neozelandeses e um norte-americano - que agiam no entorno do Maracanã durante operação de ordenamento na partida entre França e Equador pela Copa do Mundo, nesta quarta-feira.

Segundo a Seop, objetivo da operação é coibir o comércio ambulante irregular e o estacionamento em local proibidoFernando Souza / Agência O Dia


Deste total, oito cambistas foram encaminhados à Delegacia Móvel instalada no estádio. O demais detidos foram levados à 20ª DP (Vila Isabel). Os flanelinhas, além do exercício ilegal da profissão ser uma contravenção, podem incorrer em vários crimes como formação de quadrilha, extorsão, ameaça, entre outros, tornando-se caso de Polícia. Os cambistas se enquadram em crime contra a economia popular.

A fiscalização da Ordem Pública apreendeu com ambulantes irregulares que agiam no entorno do estádio, 278 itens diversos, 109 garrafas de água e 92 cervejas, 31 copos de guaraná natural, três refrigerantes, e uma peça de vestuário. No combate ao estacionamento irregular, foram rebocados 88 veículos e 133 multados por utilizar vagas em locais proibidos nas imediações do estádio.

Você pode gostar