PM prende em Guaratiba três acusados da morte de sargento

Víúva do militar e o amante dela estão entre os acusados do crime e tiveram mandados de prisão expedidos pela Justiça

Por O Dia

Rio - Três pessoas já foram presas em operação do Serviço Reservado (P-2) do 40º BPM (Campo Grande), desencadeada na manhã desta quarta-feira, para prender acusados da morte do sargento Marco Aurélio da Silva do Nascimento, lotado no mesmo batalhão, ocorrida na madrugada do dia 26 de maio, em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Segundo a P-2, a ação é baseada em mandados de prisão expedidos pela Justiça. Entre os suspeitos do crime estão a viúva do militar e o amante dela, ainda segundo a PM.

Da esquerda para a direita: o atirador, a companheira do sargento e sua mãeDivulgação

O sargento Nascimento foi encontrado baleado na cabeça enquanto dormia em sua casa, na Rua Abílio Barreto. Na ocasião ele foi levado para o Hospital Estadual Rocha Faria, em Campo Grande, e depois transferido para o Hospital Central da PM (HCPM), no Estácio, na Zona Norte, onde morreu. A pistola calibre 40 e um revólver calibre 38 do PM foram levados pelos assassinos.

Os presos na operação foram levados para a 43ª DP (Guaratiba).

Últimas de Rio De Janeiro