Justiça suspende habilitação de 13 motociclistas suspeitos de rachas

Pedido foi feito pelo Ministério Público; grupo praticava os 'pegas' na BR-040, em Petrópolis

Por O Dia

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio (MP) obteve na Justiça a suspensão temporária das carteiras de habilitação de 13 motociclistas suspeitos de praticarem rachas na Rodovia BR-040 (Rio-Juiz de Fora), na altura de Petrópolis, Região Serrana do Rio.

As motos apreendidas serão periciadas, para que se possa comprovar, por exemplo, se houve a instalação de assessórios ou equipamentos semelhantes aos de competição ou para aumentar o desempenho dos veículos.

As determinações judiciais são resultado da Operação Jápeto, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na região. A operação contou inclusive com um helicóptero, de onde foram registradas imagens dos “pegas”.

Segundo o promotor titular do Jecrim, os motociclistas foram liberados após o registro da ocorrência por conta do crime ainda ser considerado de menor potencial ofensivo.

Caso os mesmos sejam eventualmente condenados, além da pena aplicada, poderá ser decretada a perda das motocicletas, como efeito secundário da condenação, por serem os instrumentos do crime.


Últimas de Rio De Janeiro