Prefeitura adia em uma semana interdições para derrubada da Perimetral

Fechamento dos dois sentidos de parte da Avenida Rodrigues Alves foi adiado para o dia 26 de julho

Por O Dia

Rio - Após anunciar para o próximo sábado a interdição nos dois sentidos de parte da Avenida Rodriges Alves, a Prefeitura anunciou nesta quinta-feira  que o fechamento da via será adiado em uma semana, passando para o outro sábado, dia 26 de julho, a partir das 8h. A alegação é que o adiamento vai permitir que a população tenha mais tempo para conhecer as mudanças no dia-a-dia.

Clique sobre a imagem para visualização completaArte O Dia

Fechamento da Rua Pedro Ernesto será no dia 19 de julho

A Rua Pedro Ernesto, na Gamboa, será totalmente interditada a partir das 8h deste sábado, 19 de julho, para continuidade das obras de infraestrutura e de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Com o fechamento, a Rua do Propósito passará a operar em mão única no trecho entre as ruas Sacadura Cabral e da Gamboa, no sentido Rivadávia Corrêa. A Rua do Livramento terá fluxo no sentido Rua Sacadura Cabral, enquanto o trecho entre as ruas Pedro Ernesto e Livramento da Rua Leôncio de Albuquerque também muda, com operação no sentido Rua do Livramento.

Itinerário das linhas de ônibus - Devido à interdição, as linhas de ônibus passarão a circular pela Rua do Livramento. Os pontos de ônibus das linhas municipais na Rua Pedro Ernesto (em frente aos números 79, 51 e 31) e na Rua Sacadura Cabral (em frente ao número 289) serão transferidos para a Rua do Livramento, próximo aos números 57 e 145.

O estacionamento será proibido na Rua do Propósito (entre as ruas da Gamboa e Sacadura Cabral) e na Rua Leôncio de Albuquerque (entre as ruas Pedro Ernesto e Livramento). Do lado esquerdo da Rua Sacadura Cabral (entre as ruas do Livramento e do Propósito), o estacionamento está liberado.

A operação especial de trânsito mobilizará 10 agentes da Concessionária Porto Novo para orientação aos motoristas e manutenção da fluidez do tráfego. De acordo com o planejamento da CET-Rio, um painel atualizará informações sobre a rota de forma permanente.

Dose extra de paciência

A quarta e última etapa de derrubada do Elevado da Perimetral, com a interdição nos dois sentidos de parte da Avenida Rodrigues Alves, promete ser a fase mais crítica para trânsito. A Prefeitura estima reflexos de engarrafamento até em Botafogo com o começo do bloqueio

?Para o diretor de operações da CET-Rio, Joaquim Dinis, o carioca precisará de muita paciência no trânsito, pois o tráfego ficará pior do que nas etapas anteriores. “Esse último fechamento da Rodrigues Alves é tão complicado quanto o primeiro. Só que naquela época, ainda ofertamos uma nova via, a Binário. Desta vez, não haverá oferta nenhuma”, explica Dinis. “Por isso, evitem acessar o Centro de carro e prefiram o transporte público”, completou.

O bloqueio de mais de 650 metros da Rodrigues Ales vai desde a garagem da rodoviária até a Avenida Professor Pereira Reis.

Pela manhã, a prefeitura estima engarrafamentos na Ponte Rio-Niterói e Avenida Brasil. Já na parte da tarde, haverá problemas para quem vem do túnel Santa Bárbara e Elevado 31 de março, com possíveis reflexos na Rua Pinheiro Machado e Praia de Botafogo. “A situação no Santo Cristo vai ficar muito pior do que é hoje”, declarou o diretor da CET-Rio.

Para amenizar os impactos no trânsito, o Centro de Operações criou rotas alternativas que podem ajudar o motorista. Quem vier pela Avenida Brasil, por exemplo, pode chegar ao Centro e à Tijuca por Benfica ou São Cristóvão. A recomendação também é para o uso da Linha Vermelha.


Últimas de Rio De Janeiro