Acareação depois de nove anos

Acusada da morte do ex-marido, o empresário José Jair Martins, em 2005, a advogada Ieda Martins participou ontem de uma acareação na 36ª DP (Santa Cruz)

Por O Dia

Rio - Acusada da morte do ex-marido, o empresário José Jair Martins, em 2005, a advogada Ieda Martins participou ontem de uma acareação na 36ª DP (Santa Cruz). A mãe dela e o filho, José Jair Martins Junior, de 18 anos, também compareceram. Ieda é acusada ainda de participar da morte do zelador Jedi de Souza, em maio deste ano, em São Paulo junto com o atual marido, Eduardo Martins.

No fim da acareação, Ieda foi levada para o Complexo Penitenciário de Gericinó, onde cumprirá a prisão temporária. As investigações sobre a morte de José Jair foram reabertas depois que Ieda e Eduardo foram presos pela morte do zelador. Arma encontrada na casa do casal seria a mesma usada no crime de 2005. Ieda também poderá responder pela tortura do filho, que teria sofrido maus-tratos quando tinha 8 anos de idade. “A prisão preventiva será pedida ao fim do inquérito”, adiantou o delegado Geraldo Assed, da 36ª DP.

Últimas de Rio De Janeiro