Garotinho e Crivella estão empatados na liderança

Pesquisa do Datafolha mostra a dupla com 24%. Pezão é o terceiro, com 14%

Por O Dia

Rio - O Instituto Datafolha divulgou nesta quinta-feira a primeira pesquisa sobre as eleições para o governo do Rio após a oficialização das candidaturas. O deputado federal e ex-governador Anthony Garotinho (PR) e o senador Marcelo Crivella (PRB) aparecem rigorosamente empatados em primeiro lugar, com 24% das intenções de voto.

Em seguida há um empate técnico entre o atual governador, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e o senador Lindberg Farias (PT). O primeiro aparece com 14% das intenções de voto, contra 12% do petista. A diferença está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Marcelo Crivella está na liderança da pesquisa Datafolha empatado com GarotinhoCarlo Wrede / Agência O Dia

O candidato do Psol, Tarcísio Motta, aparece na quinta colocação, com apenas 2%. E Dayse Oliveira, do PSTU, foi citada por 1% dos eleitores entrevistados. Ney Nunes, do PCB, não foi citado. Outros 16% declararam a intenção de votar em branco ou anular o voto. E 7% não souberam responder.

Um dado importante apontado pela pesquisa é o índice de rejeição do ex-governador Anthony Garotinho, que atingiu 39% dos entrevistados. Os três primeiros colocados estão tecnicamente empatados. Luiz Fernando Pezão, Lindberg Farias e Marcelo Crivella têm 19%, 17% e 16% de rejeição, respectivamente.

A pesquisa do Datafolha confirma tendência do levantamento pelo Instituto Gerp para O DIA, que mostrou Crivella e Garotinho embolados na liderança. Realizada entre os dias 23 e 29 de maio, a pesquisa apontava Crivella com 23%, contra 20% de Garotinho.

Ex-governador tenta voltar ao Palácio GuanabaraDivulgação

De acordo com a pesquisa do Datafolha, há uma divisão clara entre os eleitores da capital e os do interior do estado. Na cidade do Rio, Crivella lidera com 26% contra 16% de Anthony Garotinho. Nas demais cidades, os números se invertem. O ex-governador aparece com 31% contra 16% do senador, que é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus.

O levantamento mostrou também o desconhecimento do eleitor fluminense acerca dos nomes em disputa. Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos, 61% dos entrevistados não souberam dizer em quem vão votar por desconhecerem os candidatos.

A pesquisa do Datafolha foi feita nos dias 15 e 16 de julho com 1.317 eleitores de 31 cidades. Ela está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RJ-00009/2014.

Últimas de Rio De Janeiro