Pedreiro é preso por homicídio na Taquara

Homem foi capturado enquanto trabalhava. Ele é suspeito de assassinar pintor na Taquara

Por O Dia

Rio - Policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense prenderam nesta segunda-feira o suspeito de assassinar Carlos Edurado Silva, 31, em março, na Taquara, Zona Oeste do Rio. Segundo as investigaçoes policiais, Marco Antônio de Jesus, 34, teria atirado contra o pintor após tentar defender um casal que era insultado pelo acusado.

De acordo com o delegado assistente da DHBF, William Pena Junior, o acusado, que tinha mandado de prisão por homicídio qualificado, foi capturado enquanto trabalhava como pedreiro no imóvel em Realengo. O preso não ofereceu resistência.

Pedreiro é suspeito de matar pintor na Taquara%2C Zona Oeste do RioDivulgação

O paradeiro do suspeito foi descoberto após o repasse de informações ao setor de inteligência da delegacia. Na época, a viúva da vítima, que deixou três filhos, de 5, de 8 e de 11 anos, confirmou a versão.

"Ele estava chegando e um casal estava saindo. De repente, chegou um homem, que estava bêbado, para tirar satisfações com o casal e meu marido foi defendê-los", disse à época a doméstica Ana Cristina Oliveira Vitorino, 34.

Últimas de Rio De Janeiro