Policiais e traficantes entram novamente em confronto no Alemão

PMs faziam patrulhamento quando foram surpreendidos por bandidos. Dois suspeitos foram presos

Por O Dia

Rio - Após uma madrugada de relativa tranquilidade, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Alemão e traficantes entraram em confronto na comunidade, por volta das 9h desta segunda-feira. Segundo informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), os PMs patrulhavam a localidade conhecida como Avenida Central, quando foram surpreendidos por bandidos armados. Após o tiroteio, dois criminosos foram presos e levados para a 22ªDP (Penha). O policiamento está reforçado por agentes de outras UPPs.

GALERIA: Policiamento é reforçado no Complexo do Alemão

Mesmo com o confronto, as escolas das redes estadual e municipal funcionam normalmente. No entanto, o Teleférico do Alemão não está funcionando. Segundo nota da SuperVia, os técnicos seguem fazendo reparos no local por conta de "problemas de segurança pública registrados na última quinta-feira" e não há previsão para que a operação seja retomada.

Agentes da Corregedoria da PM fizeram a perícia na manhã desta segunda-feira no contêiner da UPP Nova Brasília que foi atacada por traficantesSeverino Silva / Agência O Dia

No domingo, bandidos atacaram a base da UPP da Nova Brasília, na Rua Canitar. Eles incendiaram parcialmente uma viatura e balearam um soldado da Polícia Militar. A ação criminosa seria uma retaliação a morte de Matheus Alexandre Silva dos Santos, de 18 anos, Segundo a PM, ele participou de uma troca de tiros à tarde com homens da UPP. Ele estaria com uma pistola, que foi apreendida.

O policiamento no Complexo do Alemão foi reforçado nesta segunda-feira%2C após os confrontos no domingo. Mesmo assim%2C houve tiroteio e duas pessoas foram presasSeverino Silva / Agência O Dia

Nesta segunda, a viatura que foi incendiada segue no local e a casa ao lado do contêiner da UPP que foi atacada tem marcas de tiros. Após ser socorrido no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, o soldado Cordeiro, da UPP do Alemão, foi transferido para o Hospital Central da PM, no Estácio. Segundo a sala de polícia do HGV, o disparo perfurou o fígado e o pulmão do militar. Oficialmente ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Últimas de Rio De Janeiro