Por thiago.antunes

Rio - Na noite de 7 de junho, uma moradora de Copacabana teve atitude inusitada: pegou um táxi e perseguiu um ônibus até São Cristóvão, onde o coletivo foi interceptado por policiais. Dentro do veículo, estava o ladrão que roubou o cordão dela momentos antes no calçadão da orla. O caso foi um entre os 3.176 roubos a pedestres registrados naquele mês na capital, um aumento alarmante de 41% em relação a junho de 2013. Os dados foram divulgados quinta-feira pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Em São Gonçalo, os roubos a pedestres subiram consideravelmente. Foram 80% de vítimas a mais do que em junho de 2013, com 795 casos contra 441, respectivamente. Niterói registrou aumento de 354 ocorrências.
As zonas Norte e Oeste tiveram os maiores índices, com 53% e 54% de aumento, respectivamente. Nas áreas dos sete batalhões da PM da Zona Norte, os assaltos pularam de 1.128 em junho do ano passado, para 1.736 no sexto mês de 2014. Na Zona Sul, os casos subiram 11%.

Mulher é atacada no Centro do Rio%2C região que teve aumento de 7% no registro de roubos a pedestresEstefan Radovicz / Agência O Dia

Policiais afirmam que o salto nas estatísticas têm a ver com o grande número de turistas circulando na cidade por conta da Copa do Mundo. No entanto, os assaltos subiram nas principais Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp), cujos números correspondem aos dos batalhões que atuam nas áreas.

A Aisp 19, área que abrange o 19º BPM (Copacabana), por exemplo, onde Gleison Ondson Pereira Santos, de 18 anos, roubou o cordão da moradora, teve uma das maiores concentrações de turistas e torcedores durante o Mundial e registrou 89% a mais nos roubos a pedestres em junho.

Estatísticas

Zona Sul - Aumento total de 11% na região.
Na área do 2º BPM (Botafogo), + 37%; 19º BPM (Copacabana), + 89 %; 23º BPM (Leblon), + 93 %.

Zona Norte - A área teve 53% a mais de roubos.
6º BPM (Tijuca), + 89%; 3º BPM (Méier), + 94%; 9º BPM (Rocha Miranda), + 29%; 16º BPM (Olaria), +61%; 22º BPM (Maré), +44 %; 41º BPM (Irajá), +47%; e 17º BPM (Ilha do Governador), +19%.

Zona Oeste - Registrou 54% de aumento.
14º BPM (Bangu), + 85%; 18º BPM (Jacarepaguá), +37%; 27º BPM (Santa Cruz), +45%; 31º BPM (Recreio), +28%; 40º BPM (Campo Grande), +5%.

Baixada - Aumento de 54%. A área do 39º BPM (Belford Roxo) foi a que teve maior aumento: 48%

Você pode gostar