Por daniela.lima

Rio - Quem passa pela Rua do Lavradio e vê o painel gigante pintado na lateral do Rio Scenarium talvez não tenha ideia da real dimensão do trabalho. A história de ‘Onde Há Respeito Há Paz’ e seus incríveis 336 metros quadrados começou dez anos atrás, quando Panmela Castro tinha 23 anos e ainda era casada. O amor não resistiu à violência e o fim foi uma semana em cárcere privado, até ser salva pela família. Ela só se reergueu após conhecer o grafite. 

Painel tem 336 metros quadrados e foi pintado numa das paredes do Rio Scenarium%2C em frente à Delegacia de Atendimento à Mulher Carlo Wrede / Agência O Dia


“Usei a arte de rua para sair da minha condição e, hoje, faço o mesmo para combater a violência contra as mulheres”, lembra Panmela, conhecida como Anarkia, autora do painel e presidente da Rede Nami, organização que reúne mais de 200 mulheres que usam a arte para pensar e refletir o papel da mulher na sociedade.

‘Onde Há Respeito Há Paz’ é o resultado de um projeto da Rede Nami, o ‘Grafite pelo Fim da Violência Doméstica: Na Escola’, realizado em 34 escolas da rede pública de ensino do Rio. Mais de mil alunos, entre 14 e 19 anos, debateram temas como violência doméstica, direitos da mulher e Lei Maria da Penha. Ao final, criaram um painel. O melhor trabalho, da Escola Estadual Ignácio Azevedo, ganhou uma releitura da artista.

Foram dez dias ininterruptos, para deixar tudo pronto até a última quinta-feira, dia 7, data do aniversário de oito anos da Lei Maria da Penha, que protege a mulher de agressões. “Era uma data simbólica e o local escolhido também, já que o muro fica em frente à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher”, diz.
Panmela compartilha sua experiência de violência desde 2008 e, em 2010, fundou a Rede Nami. “Se eu tivesse ficado quieta, não teria inspirado outras mulheres”, afirma a artista, que em 2012, em Nova Iorque, foi homenageada no The DVF Awards, evento para honrar mulheres que sobreviveram a adversidades. Também em 2012, Panmela entrou para a lista das 150 Mulheres que Abalam o Mundo (150 Women Who Shake the World), da ‘Newsweek’, ao lado da presidenta Dilma Rousseff.

Você pode gostar