Bandidos mortos em ônibus por PM reformado no Flamengo assaltaram farmácia

Terceiro suspeito é procurado

Por thiago.antunes

Rio - Mortos por um PM reformado em tiroteio num ônibus da linha 132 (Central-Alto Leblon), da Viação Real, quarta-feira à tarde, no Aterro do Flamengo, os dois suspeitos teriam histórico de crimes. Segundo a Polícia Civil, a dupla pode ter roubado, no último dia 18, uma farmácia em Copacabana, que, entretanto, não informou o nome dos mortos pelo policial no coletivo. Um terceiro acusado, também baleado, conseguiu fugir.

Pelo circuito de segurança da farmácia, dois homens, que, segundo investigadores, parecem os baleados no ônibus, surgem armados e rendem funcionária do estabelecimento. Durante a ação, eles levaram dinheiro do caixa e objetos de clientes O PM reformado, de 56 anos, que também ficou ferido no tiroteio no ônibus, foi medicado e liberado. O terceiro suspeito é procurado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia