Reunião entre prefeito de Caxias e reitor do IFRJ decidirá abertura da escola

Encontro será às 14h desta sexta-feira; devido à falta de segurança, instituto está de portas fechadas desde o dia 21

Por O Dia

Rio - Uma reunião entre o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRJ), Paulo Assis, os pró-reitores, e o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, a ser realizada às 14h desta sexta-feira, no campus da instituição no município, decidirá o futuro do colégio. O local está de portas fechadas desde o último dia 21, por conta da falta de segurança na região.

Polícia Civil vai investigar ameaças do tráfico à direção de instituto

A direção do IFRJ cogita ainda mudar de campus para garantir o retorno às aulas sem represálias do tráfico. O encontro terá ainda a participação de técnico- administrativos e do corpo docente e discente do IFRJ. Já a Polícia Civil abrirá procedimento para investigar as ameaças de traficantes à direção da escola. 

Unidade do IFRJ em Caxias está fechadas desde a semana passadaDivulgação

De acordo com informações de alunos, a suspensão das aulas foi decidida pela direção da instituição a mando do tráfico da região. Os criminosos teriam feito ameaçadas em represália a um registro policial feito por um professor, que foi vítima de um sequestro relâmpago dentro do estacionamento da escola.

IFRJ cogita deixar campus em Caxias por falta de segurança

Segundo moradores da região, no entorno da escola, há uma grande área de matagal, pertencente à Prefeitura de Caxias, e onde bandidos armados agem livremente, vendendo drogas e assaltando quem passa pelo local. Os alunos da instituição relatam que criminosos são vistos à luz do dia no local, e que funcionários e professores também se sentem inseguros no local.

A Polícia Militar informou que faz patrulhamento de rotina no local. A corporação disse que uma viatura ficará no instituo das 6h às 11h. Porém, nenhuma outra medida foi anunciada para reforçar a segurança na região.

Últimas de Rio De Janeiro