Polícia faz operação no Chapadão antes da chegada de fiscais do TRE

Segundo a PM, criminosos atiraram contra policiais do Bope; houve confronto e dois suspeitos ficaram feridos

Por O Dia

Rio - Policiais do Bope fizeram uma operação na comunidade do Complexo do Chapadão, na Pavuna, Zona Norte do Rio, no início da manhã deste sábado, e antes da chegada de fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) na comunidade. Por volta das 5h, quando faziam patrulhamento na Rua 28 de Setembro, os militares foram surpreendidos por disparos feitos por bandidos. 

Houve confronto e dois suspeitos ficaram feridos, um deles não resistiu e acabou morrendo. Os militares apreenderam com eles uma arma, um carregador e drogas. No total, foram apreendidos 52 gramas de maconha e 44 trouxinhas da droga, 24 sacolés de cocaína, um rádio transmissor, um celular e um caderno de anotações do tráfico. O material foi encaminhado para a 39ª DP (Pavuna).

PMs apreendem arma e drogas durante fiscalização do TRE no ChapadãoDivulgação

Um dos feridos foi socorrido e levado para o Hospital Carlos Chagas, mas não resistiu aos ferimentos. Com ele foi apreendido uma pistola Glock 380, um carregador, 71 sacolés de cocaína e oito tabletes de erva seca de 200g cada.

Na localidade da Maloca, policiais do 41º BPM (Irajá) foram recebidos a tiros e um homem ficou ferido e foi socorrido a UPA de Costa Barros e posteriormente encaminhado ao Hospital Getulio Vargas onde
encontra-se custodiado. Com ele foi apreendido uma espingarda calibre 12, 04kg de cocaína e um rádio transmissor.

Em outro local, Gogó da Ema, equipes descobriram uma área que servia para desmanche de veículos. O Batalhão de Choque em apoio na operação prendeu dois suspeitos e apreendeu um menor. Uma pistola 8mm foi apreendida e uma moto foi recuperada.

Segundo a PM, os fiscais do TRE chegaram na comunidade por volta das 9h, e a fiscalização teve apoio de policiais militares do 41º BPM (Irajá) e do Comando de Operações Especiais (Coe).

De acordo com informações, a fiscalização tem como objetivo recolher materiais irregulares de campanhas para as eleições 2014. Aind anão há informações sobre apreensões feitas pelos fiscais. 


Últimas de Rio De Janeiro