Por paulo.gomes

Rio - Três pessoas acabaram sendo detidas por policiais do 31ºBPM (Recreio) durante o protesto que parou a Avenida das Américas por mais de três horas na manhã desta terça-feira. Durante a manifestação que reuniu cerca de 100 pessoas e aconteceu na altura da estação do BRT Salvador Allende, agentes do Batalhão de Choque e Guardas municipais soltaram bombas de efeito moral para tentarem liberar a via. Os detidos foram encaminhados para a 42ªDP (Recreio).

GALERIA: Protesto fecha Avenida das Américas e para BRT

Policiais e manifestantes entraram em confronto na manhã desta terça-feira%2C na Avenida das Américas. Três pessoas foram presas e encaminhadas para a 42ªDP (Recreio)Severino Silva / Agência O Dia

O protesto, que começou por volta das 6h30, deixou a Avenida das Américas fechada até às 9h50. O trânsito na região deu um nó e de acordo com o consórcio, cerca de 70 ônibus ficaram parados e 13 mil passageiros foram afetados diretamente pela paralisação do serviço. Muita gente que saiu de casa pela manhã não conseguiu chegar ao trabalho.

A manifestação, que começou com cerca de 50 pessoas e aumentou durante a manhã, deixou vários veículos parados em direção a Barra da Tijuca, causando um enorme congestionamento. O protesto seria de pessoas revoltadas com a falta de linhas de ônibus que fazem o trajeto Recreio-Jacarepaguá.

Protesto fechou Avenida das Américas e interrompeu o BRT TransoesteSeverino Silva / Agência O Dia

CET Rio, Guarda Municipal e PM estão no local para tentar auxiliar o trânsito e garantir que a via não será fechada novamente. A Avenida Lúcio Costa, orla da Zona Oeste, apesar de apresentar forte lentidão, é uma opção para os motoristas. A faixa reversível via, que funcionaria até as 8h30 no sentido São Conrado, teve o seu horário ampliado até as 11h.

Você pode gostar