Por thiago.antunes

Rio - Alguns grandes empresários, daqueles que investem em doações para candidatos, acham que Aécio Neves (PSDB) deveria tirar o time de campo e passar a apoiar Marina Silva (PSB) — pesquisa do Ibope divulgada ontem revela que ele perdeu quatro pontos no intervalo de oito dias.

Aliados de Aécio acham que o “gesto de grandeza”, que daria a Marina a chance de vencer a eleição no primeiro turno, seria a melhor saída para o tucano, que ainda poderia se dedicar à eleição para o governo de Minas.

Risco mineiro

Candidato do PT ao governo mineiro, Fernando Pimenta obteve 37% na última pesquisa Ibope, contra 23% de Pimenta da Veiga (PSDB). Uma derrota em Minas seria desastrosa para o futuro de Aécio.

Piso e teto

As pesquisas do Ibope e Datafolha foram recebidas com alívio pelos petistas. Para eles, o crescimento de Dilma Rousseff indica que seu piso é de 34%, obtido nos levantamentos anteriores. Torcem, agora, para que seja baixo o teto de Marina.

Segredos de estado

Principal conselheiro de Tarcísio Motta, candidato do Psol ao governo, o deputado estadual Marcelo Freixo, durante o debate da Rede TV/IG, temia que adversários dominassem a técnica da leitura labial. Tinha o cuidado de esconder a boca com uma das mãos enquanto passava instruções para o correligionário.

Em outro lugar

Arquiteta da prefeitura desde 1975 e mulher do empreiteiro Carlos Fernando de Carvalho, da Carvalho Hosken, Heliana Lustman foi nomeada para um cargo em comissão na Secretaria de Urbanismo. Segundo a prefeitura, houve um erro: a função será exercida na Secretaria da Pessoa com Deficiência.

Você pode gostar